Páginas

domingo, 26 de junho de 2016

A Parábola do Cavalo

Oi, pessoal! 
Como faço todo final de semana, estava pensando na próxima postagem do blog...
Foi então que tive uma ideia: de tempos em tempos, dividir histórias bonitas com vocês. Vou explicar!
Pra quem não sabe, eu sou professora de Inglês, mas também tenho muitos períodos de Religião (pra fechar minha carga horária). Nestas aulas, procuro sempre trazer algum tipo de mensagem positiva... Independente das crenças de cada um. 
Espero que gostem da história!



    
       Um fazendeiro, que lutava com muitas dificuldades, possuía alguns cavalos para ajudar nos trabalhos em sua pequena fazenda. Um dia, seu capataz veio trazer a notícia de que um dos cavalos havia caído num velho poço abandonado.
       O poço era muito profundo e seria extremamente difícil tirar o cavalo de lá. O fazendeiro foi rapidamente até o local do acidente, avaliou a situação, certificando-se que o animal não se havia machucado. Mas, pela dificuldade e alto custo para retirá-lo do fundo do poço, achou que não valia a pena investir na operação de resgate. Tomou, então, a difícil decisão: determinou ao capataz que sacrificasse o animal jogando terra no poço até enterrá-lo, ali mesmo.
       E assim foi feito: os empregados, comandados pelo capataz, começaram a lançar terra para dentro do buraco de forma a cobrir o cavalo. Mas, à medida que a terra caía em seu dorso, o animal a sacudia e ela ia se acumulando no fundo, possibilitando ao cavalo ir subindo.
       Logo os homens perceberam que o cavalo não se deixava enterrar, mas, ao contrário, estava subindo à medida que a terra enchia o poço, até que, finalmente, conseguiu sair!

 *Desconheço o autor da história.


Deixo essa mensagem pra semana que se inicia...
Como o cavalo da história, que possamos enxergar além dos problemas!
Com fé e determinação.

 Abraços, Cris

13 comentários:

Iris Barbas disse...

Oi Cris!

Gostei da história! Boa para refletir... Espero ser como o cavalo, não desistir ao encontrar a primeira dificuldade... Hehehe

Abraços, tua mãe

Juju disse...

Linda história

Carolina Barbas disse...

Titi!!! Que bela história!!! Excelente para começarmos a semana com fé, determinação e focando no que realmente importa. Beijo, lola

Maria de Fátima disse...

Linda história! Desistir nunca... Bjs

Camila Faria disse...

Adorei a história Cris! Existe sempre esperança, se agirmos com inteligência!

Grazy Bernardino disse...

Oi Cris, obrigada pela visita no meu blog, fiquei muito feliz!
Acho super importante ensinar valores nas aulas de Religião. Sou formada em História e sempre prezei os colegas que ensinavam como você, afinal, numa sala de aula há várias crenças. Quando estudante sentia que as aulas de Religião eram uma catequese na escola, muito direcionada ao Cristianismo. Acredito que as aulas seriam muito bem aproveitadas se abrangesse outras crenças para que possamos conhecer o outro e julgar menos.
Adorei a parábola.
Beijos

Arroz Di Leite disse...

A fé move montanhas.
Linda semana.
Bjs

Tânia Camargo

Look Day disse...

Não dá para desistir neh, mesmo que muitas vezes de vontade.

beijos.

Minda Silva disse...

É uma linda história Cristina, realmente devemos ter fé e acreditar que apesar dos problemas conseguimos vencer!

Bjos
Minda ❤ 😍

Janaína Santos disse...

Muito boa essa parábola.
Com certeza nao devemos desistir nunca.
Beijos
Jana Makes Esmaltes e Cia
Instagram
Fan Page

Jussara Neves Rezende disse...

Que assim seja conosco também.
Belo post, Cris!

Maria Teresa Valente disse...

Que assim seja, Cristina, que não nos deixemos abater pelas dificuldades. Bela história e muito apropriada para o momento que estou vivendo agora... Gratidão!
Tenha uma excelente semana, abraços carinhosos
Maria Teresa

ANALAICE disse...

Olá Cris. Eu já conhecia esta história, muito boa para refletirmos não é mesmo? Nunca devemos nos abater com os obstáculos da vida e sim os usarmos para nos fortalecer e vencer no final...Bjs e tenha uma linda semana.