Páginas

domingo, 14 de julho de 2019

Minha Bolsa Nova!

Oi, pessoal! 
Ser filha de artesã tem lá suas vantagens... 
Pra quem não conhece minha mãe, Iris Barbas, ela tem um blog de patchwork: Costurando Ideias por Iris Barbas
Depois de algum tempo pedindo (leia-se "meses"! Hehehe), ganhei uma linda bolsa preta!


 Do jeitinho que eu queria...
Perfeita!

No mesmo dia, já saímos para passear...

O forro é num tom de azul, 
como a porta que encontramos pelo caminho...

Mais uma vez: obrigada, mãe!
Não poderia estar mais satisfeita.

Abraços, Cris

*Mais fotos da minha bolsa, vocês encontram AQUI.

domingo, 7 de julho de 2019

O Diário de Myriam

Oi, pessoal!
Hoje venho com mais uma dica de livro...

"O Diário de Myriam", 
de Myriam Rawick com Philippe Lobjois.


Gostei muito dos detalhes do livro. Acredito que sejam propositais...
A transição de uma realidade pra outra...
Um lugar colorido / um lugar sem cor.

As fotos, presentes no início e no fim, também ajudam a nos situar...
Um retrato dos horrores da guerra.

O livro, basicamente, é um relato comovente sobre a Guerra da Síria. 
Myriam, a menina que escreve, conta como é viver no meio de uma guerra (sem previsão de acabar): tendo que abandonar sua casa, passando por racionamento de água, de energia, de comida e, muitas vezes, não podendo nem estudar. Correndo perigo com tiros e bombas.



Certamente, o livro lembra "O Diário de Anne Frank": outra menina, outra época, outra guerra, mas os mesmos dilemas... Crescer em um mundo conturbado.




Leitura rápida, mas do tipo que faz refletir... 
Gostei de saber um pouco mais e ter uma visão mais "próxima" de Alepo, da Guerra da Síria, de seus refugiados...
Um assunto triste, mas necessário.


Abraços, Cris

terça-feira, 2 de julho de 2019

Pequenos Produtos e Flores

Oi, pessoal! 
Hoje venho mostrar dois pequenos produtos...




O primeiro peguei numa campanha do Boticário (grátis).
Trata-se de um demaquilante bifásico.
Gostei muito deste produto! 
Pra ser sincera, não esperava gostar tanto...
A pele logo absorve o produto e fica super hidratada 
(não deixou minha pele oleosa).
Não uso muita maquiagem, então não vou opinar no quesito remoção.


O segundo produto comprei na Panvel.
Lenço removedor de oleosidade.
Comprei no verão, quando esse tipo de item se faz muito importante.
Ótimo para levar na bolsa e usar ao longo do dia...
Prático e eficaz!


Flores pra vocês!


Abraços, Cris

domingo, 23 de junho de 2019

Presentes...

Oi, pessoal! 
Como já devem ter notado, gosto de compartilhar os presentes que recebo; uma forma de valorização e também de agradecimento... 
Como deixo as postagens programadas, ainda não havia mostrado o que ganhei na Páscoa: presentes da prima Camila e da tia Asta ("obrigada!" - pras duas). 
Vamos conferir?


Teve biscoito recheado e coelho de pelúcia...



Além de um gostoso ovo de colher...


Adorei os presentes! 
Destes, restou apenas um! Hehehe

Abraços, Cris

domingo, 16 de junho de 2019

A Cabana

Oi, pessoal! 
Hoje venho falar de mais um livro: "A Cabana", de William P. Young.




Tenho este livro há algum tempo,
 mas é do tipo que vale a pena reler.
De acordo com o momento que vivemos, 
enxergamos novas interpretações...

Basicamente, o livro conta a história de Mack, um homem que perde sua filhinha num trágico episódio (ela é raptada e assassinada por um maníaco, conhecido como "Matador de Meninas").
A partir daí, a relação de Mack com Deus que já era cercada de dúvidas e incertezas, torna-se ainda pior... A "Grande Tristeza" toma conta dele.

Algum tempo depois, Mack recebe uma mensagem na sua caixa de correio: um convite para retornar a cabana, palco de tantas lembranças ruins (local onde vestígios de Missy, sua filhinha, haviam sido encontrados na época). A carta está, supostamente, assinada por Deus.

Incapaz de controlar sua curiosidade, Mack decide ir. Ao chegar na cabana abandonada, depara-se com 3 personagens (os 3 basicamente um só, Deus).
Uma experiência incrível e indescritível acontece naquele lugar. Muitas conversas, muitos desabafos, alguns esclarecimentos e muitos ensinamentos. Sua relação com Deus é totalmente renovada.

Não vou revelar o final, mas digo que é muito bom! Mack tem uma escolha a fazer...




Separei algumas frases do livro, foi difícil selecionar:

"Acho que, assim como a maior parte das nossas feridas tem origem em nossos relacionamentos, o mesmo acontece com as curas (...)".

"Se prestarmos bastante atenção, sempre conseguiremos descobrir alguma compensação no sofrimento."

"Acho que começar tirando do caminho as questões que vêm da cabeça faz com que as do coração fiquem mais fáceis de ser trabalhadas..."

"- Para começar, é bom que você não consiga entender a maravilha da minha natureza. Quem quer adorar um Deus que pode ser totalmente compreendido, hein? Não há muito mistério nisso."

"- Você deve desistir de seu direito de decidir o que é bom e ruim e escolher viver apenas em mim."

"- Falando de modo simples, religião, política e economia são ferramentas terríveis que muitos usam para sustentar suas ilusões de segurança e controle. As pessoas têm medo da incerteza, do futuro. Essas instituições, essas estruturas e ideologias são um esforço inútil de criar algum sentimento de certeza e segurança onde nada disso existe. É tudo falso! Os sistemas não podem oferecer segurança, só eu posso."

"Quando você começar a afundar, deixe-me resgatá-lo."

"Mack, eu crio um bem incrível a partir de tragédias indescritíveis, mas isso não significa que as orquestre. Nunca pense que o fato de eu usar algo para um bem maior significa que eu o provoquei ou que preciso dele para realizar meus propósitos. Essa crença só vai levá-lo a ideias falsas a meu respeito. A graça não depende da existência do sofrimento, mas onde há sofrimento você encontrará a graça de inúmeras maneiras."

"A culpa jamais vai ajudá-lo a encontrar a liberdade em mim."

"A fé não cresce na casa da certeza." 

"Você pode me ver numa obra de arte, na música, no silêncio, nas pessoas, na Criação, mesmo na sua alegria e na sua tristeza. Minha capacidade de me comunicar é ilimitada, vivendo e transformando (...). E você irá me ouvir e me ver na Bíblia de modos novos. Simplesmente não procure regras e princípios. Procure o relacionamento: um modo de estar conosco."

"O perdão existe em primeiro lugar para aquele que perdoa (...)".


Deu pra perceber, né?
Muita coisa pra absorver... Hehehe


Leitura mais que aprovada! 
Na verdade, este é o tipo de livro que eu daria de presente...

Até mais!


Cris